27.12.15

Fazendo o blog crescer


Feliz Natal atrasado! O FS está repleto de postagens natalícias, se quiserem dar uma olhada.

Anyway, este é dos posts mais trabalhosos que já fiz, tanto por ser extenso e exigir bastantes explicações, como por ter necessitado de imensa pesquisa. Trago imensas dicas, ferramentas e sites/páginas para ajudar os blogs a crescer - não de um dia para o outro, claro, mas mesmo assim é uma ajuda - e para dar um ar um pouco mais profissional e consciente ao que fazemos. O artigo está dividido em 6 partes e é cada uma maior que a outra, portanto ficaria feliz se adicionassem isto aos vossos favoritos e fossem consultando constantemente, pois fi-lo para ser algo prático e útil.  Já sabem onde clicar.

Ter um bom blog
Eu já dei algumas dicas para tratar do assunto em vários posts, mas aproveito para relembrar os mais importantes: 
Páginas para divulgação
Eu já dei, creio, que ótimas dicas para divulgar o blog {aqui}. Esse post indica erros a evitar, a maneira "certa" de se aproximar e divulgar o blog, alguns lugares mais básicos onde ir comentar e outras pequenas dicas nem tão relacionadas ao assunto, que aprofundarei neste post. Então, após saber dessas regrinhas, vim trazer mais páginas onde a divulgação pode ser feita - não esquecendo que estas páginas também são ótimas para conhecer blogs novos.

Mas, primeiro!, tenho algumas coisas a sugerir: é importante saber que cada rede social tem um horário de maior atividade, e que é por essa altura que a divulgação deve ser feita - os horários podem ser conferidos aqui: www. Além disso, quem quer ter sucesso na divulgação deve acompanhar a popularidade das redes sociais e os avanços tecnológicos, pelo menos, ter uma conta e saber postar em todas estas redes: Facebook, Google+, LinkdIn, Twitter, Tumblr, Pinterest e YouTube.
Parecerias (e afiliados)
Bah, não é que alguma vez eu tenha fechado parceria com empresas - porque aqui em Portugal elas não parecem interessadas e blogs não são grandemente valorizados, e nesse caso mesmo que eu pudesse não aceitaria colocar publicidade no meu blog em troca de alguma fama. Já com afiliados dou-me bem melhor, pois isso consiste apenas em fechar amizade com algum blog, que nos reserva um espacinho no gadget de afiliados e com o tempo talvez acabe falando de nós - é algo muito mais profundo. But anyway, aqui estão algumas dicas úteis na hora de fechar parcerias:
  • Formalismo» nada de fazer pedidos por redes sociais ou chatbox, o ideal é enviar um email (embora eu não entenda o porquê da ofensa, considera-se que se o contacto não for estabelecido por email, se está a demonstrar falta de profissionalismo). A escrita deve ser sem erros nem abreviaturas, clara e directa, nem demasiado extensa nem demasiado curta. E tudo deve ficar assente, incluindo uma boa apresentação.
  • Enviar um midia kit» Já vou explicar em quê que isso consiste, é uma forma de fornecer dados à empresa. Se não tiver um mídia kit, responda às perguntas que listarei adiante em forma de texto. Relativamente aos dados, seja sincera quanto a eles e mantenha-os atualizados.
  • Qualidade e afinidade com a empresa» ou seja, não basta ter um blog com conteúdo e design de qualidade, tem de se relacionar com a empresa de algum modo. Se não, porquê que ela escolheria o seu blog em vez de outro? Não se esqueça de, no email, responder a essa mesma questão e tentar convencer a empresa a escolhê-la. 
  • Aceitação» se a proposta for rejeitada, não fique implorando. É importante saber aceitar que o seu blog não era o que a empresa tinha em mente. Tente outras. 
O que NÃO fazer: contactar com a empresa pelo facebook» "Oi, podia enviar um produto para eu resenhar no meu blog?"

Um mídia kit
Um mídia kit é um conjunto de informações sobre o blog que é útil na hora de o divulgar e apresentar a empresas, etc... Praticamente um currículo. Pode ser enviado em vários formatos (como pdf/ppt, slide, ou página do blog), deve ser sincero, claro e atual, ter um design condizente com os layouts do blog e responder a uma série de perguntas, sempre dizendo de onde é que os dados foram retirados. Muitas vezes, para não ficar sobrecarregado de texto, cria-se um infográfico para expor as informações - eis um modelo base em psd: www. Que informações são essas:
  • Identificação do blog» Ou seja, o logo/cabeçalho correspondente ao layout do momento, uma descrição ao estilo elevator pitch (www) e o seu nome.
  • Identificação da dona» Seu nome, idade e contacto. Possivelmente um link para a página do about me. 
  • Estatísticas mensais ou totais do blog» a plataforma blogger conta com as suas próprias visualizações, então deve ser desconsiderada. O melhor site para providenciar essas informações é o {google analytics}, e aqui um guia sobre como trabalhar com ele: www. Há ainda o {clicky}, o {market samurai} e o {quantcast}. Quase todos os dados indicados aí são bons e devem comparecer no kit.
  • Dados de fragmentação» indique como anda a interação entre o público e o seu blog (como o número de comentários que costuma receber) e qual a faixa etária, género e informações demográficas (região, etc...) desse público. É importante que haja uma certa coincidência entre o público-alvo do blog e da empresa. Dica: compile alguns elogios que os leitores fazem do seu blog. E veja {aqui} como complementar a pesquisa de público.
  • Um texto sobre o blog» Porquê que criou o blog, assuntos, estilo de escrita e história (data de criação e desenvolvimento) dele são algumas das coisas a ser indicadas. Não tem de ser realmente em texto pode ser algo mais topicalizado.
  • Estatísticas das redes sociais» caso as tenha, e convém ter, pois algumas empresas só gostam de divulgar nelas devido ao sucesso que têm. As estatísticas mais importantes são relativas ao número de seguidores, mas não só. Não testei, mas aqui uma lista de ferramentas que ajudam controlar a atividade em redes sociais: www
  • Clipping» Caso já tenha sido divulgada algures, incluindo numa revista ou na imprensa, esse é o local certo para colocar. São basicamente dados de mercado. É válido mencionar quem já anunciou no seu blog, ajuda a dar credibilidade.
  • Que tipo de publicidade aceita no blog» isto não é algo tão numérico, mas mais uma questão de conversar com a empresa para escolher o tipo de publicidade. Alguns exemplos: publipost, banner (durante x meses), publivídeo, publieditorial, resenha, mídias patrocionadas, sorteios, concursos... Achei uma boa explicação sobre cada algures {neste post}.
  • Motivos que levam a empresa a escolher o seu blog» dá para compreender a questão da concorrência, certo? Bem, faça um discurso bonito e certeiro para convencer a empresa a escolher o seu blog e não qualquer outro, pois o seu É MELHOR para divulgar a marca. 

Seja ativa
  • Crie um cartão de visita» algo a oferecer sempre que alguém se mostra interessado no blog, e que dá para levar para todo o lado. Contém o nome e endereço do blog, uma frase chave, nome da autora e redes sociais. 
  • Uma boa planificação» Convenhamos que {esta lista} de blogger planners pode ser útil a quem gosta de se organizar, e especialmente a quem ama artigos de papelaria. Há quem poste de forma bem espontânea, na verdade, mas qualquer coisa acerca do blog que exija ser lembrada e organizada fica bem em formato papel. Poste com uma boa frequência, mas não todos os dias. 
  • Tenha um horário para responder» não deixe as pessoas a falar para o boneco. Especialmente em blogs grandes, é necessário ter um horário para responder a emails, aks, comentários e afins... A propósito dos emails, aqui está um pouco sobre criar uma caixa de emails poderosa: www
  • Participe em joguinhos/games, sorteios, concursos»  Hoje em dia talvez nem se faça tanto, mesmo assim preste atenção a qualquer tipo de atividade em que possa comparecer. Ajuda na divulgação e geralmente ainda dá direito a prémios adoráveis. 
  • Participe em awards, contests, avaliações e prédios de blogs» Tenho aqui uma lista deles, que vou atualizando conforme surgirem, mas não removo os que forem desativados pois funciona também como um memorial: www
  • Tente um agregador» embora a taxa de rejeição do seu blog também aumente e haja uma lista de consequências indicadas {aqui}, a verdade é que aumentam as visualizações de um modo ou outro, e são grátis. Uma estratégia desesperada mas válida, e estou a indicar porque, embora nunca tenha usado, não acho justo pessoas que usaram mas depois pararam dizer aos outros para não usar também, já que parte do crescimento dos blogs delas se deveu a isso, quer seja um método correto quer não. Aqui uma pequena lista: www
  • Redes sociais» Use-as para divulgar o blog e interagir mais facilmente. Já dei dicas em cima.
  • Interessado em dinheiro?» Há aqui uma série de dicas sobre ganhar lucro com o crescimento do blog, voltados para a promoção do blog» www. Não se esqueça de ir anotando ganho e despesa num blogger planner ou coisa do género.
  • Tenha {feed}, {bloglovin} e {disqus Há muitas blogueiras, especialmente as que aderem ao wordpress, que acompanham as novidades dos seus blogs favoritos através desses dois sites, então é bom se querem mais visualizações. 
  • Use {SumoMe Eu nem sou a maior adepta, mas é um bom site para estar a par das estatísticas e atrair visualizações, como explicado {aqui}. É grátis e fica escondido no cantinho do próprio blog, para usarmos sempre que quisermos.
  • Sabe o que é SEO?» Basicamente, é  uma forma de colocar os seus posts as buscas do google por bom uso de palavras-chave, incluindo na nomeação de imagens. Mais dicas aqui: www
  • Responda a tags» Tags, memes, selinhos, whatever... são tudo nomes para uma série de perguntinhas que são repassadas entre blogs. As minhas aqui: www
  • Trave amizade» especialmente com pessoas que tenham os mesmos gostos que você, e com outras também. Laços sinceros são uma das coisas mais belas da blogosfera e se as outras pessoas sentirem apreço pelo seu blog, de certeza que divulgarão por espontânea vontade ;)

Um domínio
Um domínio é, basicamente, uma forma de remover a terminação "blogspot.pt" da url dos nossos blogs. Deve ser comprado, mas também pode ser ganho em concursos ou sorteios, e deve ser hospedado em sites próprios como encontram no final {deste post}. Há ainda sites onde é possível obter {domínio grátis}, mas depois não reclame da propaganda. 

Porquê ter um domínio? Fica mais bonito esteticamente, dá um ar profissional, encurta a url, e facilita a aparição do blog em motores de busca. Só não se esqueça de, após trocar, modificar todos os posts antigos em que recomendou algo do seu blog para que o link não fique cortado.


Era tudo por hoje, façam bom uso ;)


1 comentário:

  1. Adorei o post! Super completo e detalhado, adorei os links que você deixou. Ainda não li todos mas vou colocar muitas ideias em prática, aos poucos.

    Adorei seu layout, me sinto muito em paz aqui no seu pedacinho de céu *--*

    ResponderEliminar